Tô com medo de como posso acabar

Tenho 18 anos, daqui há poucos dias faço 19, minha situação é estranha na real, desde muleke sofri muito bullying, mas eu sempre tive amigos do meu lado q estão até hoje, eu vivo quase q isolado só em casa faz um tempo, desde quando acabei o EM há + - 3 meses atrás, eu saiu de casa só com meus amigos pq eles me obrigam e aí fica um clima bom e etc, mas para sair sozinho não consigo de jeito nenhum, me bate uma fobia social e ansiedade muito forte a ponto da vista escurecer, e eu acho q sempre estão me julgando ou me encarando, não gosto de chamar atenção mas me visto c roupas largonas oq acaba gerando ainda mais uma sensação de ser julgado pq por onde eu moro geral acha q vc é envolvido se agir assim, só mora eu e minha mãe mas ela sempre vive trabalhando, incluso dorme fora todos os dias da semana, queria saber o q posso fazer para melhorar isso, me sinto um peso morto pq vejo todos ao meu redor progredir, namorar, trabalhar, e enquanto isso eu no quarto com medo de sair, me ajudem pfvr não quero acabar assim…

2 curtidas

Olá. Entendo a sua situação. Eu estive nela aos 18 e agora com 20 e poucos anos nas costas ainda não saí dela. Mas não deixe a minha situação te desanimar ou te assustar. Você pode sair dessa situação. Não acabe como eu. Eu ainda vou sair desse inferno, tenho esperança. Mas se você puder nem se permitir entrar muito a fundo seria muito melhor. Vc disse que ainda tem amigos e eles te obrigam a sair. Isso quer dizer que eles gostam da sua companhia. Isso é muito bom!! Não perca a amizade deles. Fazer amigos quando adulto é muito difícil. Cultive sua amizade com eles. Ficar na solidão é muito doloroso. Eu não tenho mais nenhum amigo. Eu tinha amizades mas me afastei de todo mundo. Perdi todas as minhas amizades. E ficar sozinha dói muito. É claro que não estou dizendo que você faria o mesmo que eu, mas quero te avisar sobre meus erros para que você não sofra como eu.

Te entendo sobre o bullying. Também sofri muito com isso, assim como você. Passar por isso faz você perder um pouco a fé nas pessoas. Eu sinto muito você ter passado por isso :heart:

Você acabou de terminar o Ensino Médio. Vou te falar uma verdade que um professor meu falou para a sala no último ano do Ensino Médio. Depois que você termina o ensino médio você imediatamente se torna desempregado. Quando ele falou isso não dei ouvidos. Pensei que tinha todo o tempo do mundo. Mas a verdade é que o mundo dá prioridade para aqueles que se movem rápido, que se adaptam rápido. Não seja lerdo como eu fui.

Olha, está difícil até para quem tem diploma de faculdade. Imagina para quem não tem. Faça faculdade. Se você puder fazer, FAÇA. Eu não fiz e me arrependo muito. E quando acabar a faculdade, quando puder faça uma pós. E o mais importante, quando estiver cursando a faculdade, faça estágio! Experiência é a coisa mais valorizada hoje em dia. Então tente conseguir experiência o mais rápido possível. Faça amigos na faculdade pois eles podem te recomendar para vagas de trabalho e, é claro, retribua o favor a eles.

Outra verdade que um outro professor falou no 9° ano. Aprenda Excel. É muito importante!!!

Outra verdade: Nunca deixe de se aprimorar. Continue estudando. Aprendendo coisas novas. O mundo muda muito rápido e você precisa mudar com ele!! Não fique para trás em questões de novas tecnologias!!!

Uma dica sobre a faculdade: Não fique isolado. Faça parte de um grupo de amigos. Se você faltar um dia na aula, o professor não vai estar nem aí para você e te falar o que você perdeu. As pessoas que você fizer amizade que você vai poder perguntar. Outra coisa: na faculdade e no trabalho tem pessoas que não estão querendo fazer amizades, não leve isso para o pessoal. Às vezes, é difícil querer fazer amizade e as pessoas só querem fazer o seu e ir embora kkkk. É difícil para mim pois como não tenho amigos, e a pessoa é grossa ou indiferente comigo, me machuca um pouco. Mas sei que não é nada pessoal. Então, saiba perceber quando a pessoa não quer sua amizade para não incomodar.

Ah! E não peça permissão para usar o banheiro na faculdade! Não precisa pedir. É só ir. É claro, veja um momento bom para sair quando o professor não estiver explicando para você não se prejudicar.

Falei tudo isso sobre faculdade mas não sei sua situação econômica. Eu, por exemplo, não tenho dinheiro para pagar uma faculdade e não tenho inteligência o suficiente para conseguir uma bolsa.

Sobre a sua ansiedade e fobia social. Me identifiquei muito e te entendo muito! Quando saí esses dias para uma entrevista de emprego fiquei extremamente nervosa, senti como se todos estivessem me julgando. Como se estivessem me olhando. Existem pessoas que falam que, na verdade, absolutamente ninguém está te julgando, que é tudo coisa da sua cabeça. E, na maioria das vezes, isso é verdade. Mas, é claro que o mundo não é um mar de rosas. Existem pessoas que julgam silenciosamente e falam mal pelas costas. O importante e muito preciso é saber viver com esse fato e não deixar isso te abalar. Mas deixa eu te falar; você é capaz! Quando você sair, saiba que as pessoas não estão te julgando.

Quando eu saí para fazer a entrevista, fiquei falando para mim mesma: “Ninguém está te olhando, ninguém está te julgando, e se tiver alguém fazendo isso, que se foda!”. E outra coisa, não sei se isso vai te ajudar, mas eu fiquei ouvindo músicas que me dão confiança. Então, faça uma playlist de músicas que você gosta e te colocam para cima e escute quando sair para te dar confiança.

A maior dica que eu posso te dar é a seguinte: NÃO FIQUE PARADO NO TEMPO. A VIDA NÃO ESPERA POR NINGUÉM. ELA NÃO VAI ESPERAR POR VOCÊ. SE VOCÊ CONTINUAR TRANCADO EM CASA COMO EU FIZ, OS TRENS DA VIDA VÃO EMBORA SEM VOCÊ. E VOCÊ VAI TER QUE CORRER ATRÁS DO TEMPO PERDIDO COMO EU ESTOU FAZENDO AGORA. VOCÊ TEM 18 ANOS. PERGUNTE A SI MESMO: QUANDO EU TIVER 25 ANOS VOU QUERER ESTAR NA MESMA MERDA OU VIVENDO A VIDA? AVANÇANDO? TRABALHANDO, SAINDO COM AMIGOS, NAMORANDO, ME EXERCITANDO, ME MOVIMENTANDO, SENDO UM ADULTO COM RESPONSABILIDADES? PROGREDINDO.

Vou te falar minha situação. Eu estou passando dificuldades em casa morando com minha família. O dinheiro está muito apertado. Não vire parasita como eu. Eu estou correndo atrás de trabalho para ajudar em casa. E todo dia eu me pergunto por que me tornei assim. Não se permita tornar- se o que eu me tornei.

Sei que a tentação de simplesmente desistir de tudo é muito grande. Mas não se entregue. Sei que a vontade é simplesmente não sair nunca mais e se afastar do mundo. Mas não faça isso! Eu fiz isso e odeio cada segundo que passo trancada dentro de casa. Essa rotina cansa e te faz sentir vergonha.

Tenho mais uma dica. Quando me sinto muito mal, digo a mim mesma “se alguém chegasse pra mim e falasse que está na mesma situação que eu, o que eu diria? Eu diria que ela consegue, para não desistir. Então, eu posso dizer o mesmo a mim mesma.”

Mais uma dica. Não viva a vida com o coração cheio de ódio. Vivi assim por muitos anos e me arrependo muito. É claro que às vezes é difícil evitar. Sentir raiva é normal. É uma emoção também. Mas não deixe ela te consumir. Passei muito anos odiando aqueles que têm mais que eu, que estão vivendo bem, mas hoje em dia procuro ficar feliz por eles. Vejo alguém se dando bem, paro e penso: Bom para ele/ela. Ou se estiver difícil me sentir feliz pela pessoa kkkk eu simplesmente, não penso nada.

Não sei se o que escrevi vai te ajudar, espero muito que ajude. Comece uma faculdade já!!! Não fique parado no tempo!!!

E me perdoe se fui grossa em alguma parte desse texto que te escrevi.

Espero que você consiga sair dessa!!!

VAMOS A LUTA!!!

2 curtidas

Seu comentário foi exímio. mas eu gostaria de complementar: não fique viciado em pornografia para tentar suprir suas necessidades emocionais. Eu fiz isso e agora estou doente, não só mental como corporal também. A pior dor é aquela da solidão e desamparo, somada com o ódio contra si próprio ao se deparar com seus erros. Evite isso!!! Agora!!!

1 curtida