Uma vergonha... Existir

É uma vergonha continuar a existir neste mundo… Ver o sucesso e a vida cotidiana de seus antigos conhecidos, enquanto você não tem coragem nem de por os pés na rua. Não conheço ninguém mas mesmo as poucas pessoas que converso online, como posso explicar á elas que sou um tipo de escória… Como posso esperar que entendam que sou uma uma criança em corpo de pré-adulta, que não tenho independência financeira e que minha vida se resuma ao isolamento, a companhia de meus filhos felinos e lágrimas. Que não consigo ter ambições pois não consigo ver um futuro e ainda sim me atrevo a participar de suas conversas… Vergonha, apenas vergonha. Me sinto uma farsa quando estou entre eles mesmo online.

4 curtidas

Muito relatável em algumas partes. Eu sempre tive dificuldade de interagir com pessoas tanto no mundo real e no digital. Um tempo atrás, eu estava loucão, maluco, doido e completamente fora de mim e decidi que faria amizades pela internet custe o que custar, mas abandonava as conversas quando me faziam perguntas pessoais; o que você faz da vida, com o que trabalha, namora, quais seus planos pro futuro, etc. Fico sem saber o que dizer, não vou compartilhar minha situação com outras pessoas mesmo no anonimato porque sou um fodido do caralho e isso me deixa mal, e também não gosto de mentir. Fora que também sou tão inapto pra essas coisas que não consigo entender como conversar com pessoas pela internet. Quase todas minhas interações on-line começam e terminam assim; “Oi, tudo bem? Sim, tudo bem e você? Também. Ah, então tá, tchau.”

Fique com essa imagem.

3 curtidas

Eu não tenho mais nenhuma rede social (tirando tumblr, pq é o tumblr) por causa disso… Não tenho algo pra mostrar, nada pra dizer; Apenas uma casca vazia sem algum conteúdo que valha a pena, nenhum talento, não consigo olhar pra frente. Somente relembrar o passado e dormir com os pesadelos e acordar com os fantasmas que me assombram.
A voz na cabeça que me lembra todo dia, toda hora, cada minuto e segundo que sou uma imprestável…

2 curtidas

Abrir-se é quase sempre desgastante e pode gerar frustração. Particularmente, não considero como a pior parte o risco de ser julgada negativamente, e sim a incompreensão geral das outras pessoas. Podemos até encontrar quem nos aceite, mas dificilmente seremos entendidos, não importa o quão bem expliquemos e quanta boa vontade os outros possuam. As pessoas pensam e avaliam as coisas a partir de suas próprias experiências, que normalmente estão bem longe da nossa realidade. Nossos problemas parecem ter sido feitos para lidarmos sozinhos mesmo.

3 curtidas

Acontece, a galera gosta muito de parecer avançada e muitas vezes eles vão estar mesmo, um tempo atrás parei de falar com um colega dos tempos de escola porque ele me chamou de fracassado gratuitamente, era o único cara que me tirava de casa e meteu uma dessas, geralmente esse tipo de gente não da espaço pra profundidade na relação eles só querem uma espécie de seguidores na seita, no meu caso eu tentei me adaptar e senti bastante a tal da falsidade na relação, durou uns bons 2 anos isso aí até a fatídica facada nas costas

3 curtidas

Não Seria melhor e menos frustrante se vocês que tem bastante em comum se tornassem amigos ou pelo menos interagissem entre si?, Acho eu que assim ninguém se julgaria e entenderia o outro

Eu acho

2 curtidas